Air Liquide amplia presença na Austrália 

Health-IT

, Sem categoria

A Air Liquide acaba de firmar um acordo de longo prazo com a Nyrstar, Austrália, uma empresa do setor de mineração e metalurgia. A Air Liquide investirá 60 milhões de euros na nova Unidade de Separação de Ar de última geração que é parte do Projeto de Re-desenvolvimento da Nyrstar em sua  unidade de Port Pirie. Este projeto foi desenvolvido visando transformar a unidade de fundição da Nyrstar em uma unidade moderna e inovadora de recuperação e reciclagem de polimetálicos, com o objetivo de diminuir os impactos ambientais, bem como melhorar os seus níveis de eficiência e de produção.

A unidade da Nyrstar em Port Pirie (situada a 230 km da cidade de Adelaide) é cliente da Air Liquide Austrália desde 1997. Nos termos desta mais nova parceria e com a finalidade de contribuir com o projeto da Nyrstar para a implantação de uma indústria de primeira linha na Região da Austrália Meridional, a Air Liquide fornecerá oxigênio e nitrogênio para o novo e moderno processo industrial de recuperação e reciclagem de polimetálicos.

A nova ASU, para o qual a decisão de investimento foi tomada no final de 2014, terá uma capacidade total de processar 1.400 toneladas por dia. Projetada e construída pelas equipes do Setor de Engenharia e Construção da Air Liquide que empregaram tecnologias de vanguarda que proporcionam eficiência energética, excelente desempenho, bem como muita segurança, a ASU está programada para entrar em operação em meados de 2016.

François Darchis, Vice Presidente Sênior e membro do Comitê Executivo da Air Liquide disse: “Agradecemos à Nyrstar por confiar na Air Liquide mais uma vez e pela parceria de longo prazo que, juntos, vimos desenvolvendo. Com este investimento, a Air Liquide reforça ainda mais a sua presença na Austrália através da expansão do fornecimento para clientes do seu Setor Grandes Indústrias, ratificando a importância e a competitividade de nossas soluções. Também sentimo-nos orgulhosos porque este projeto contribui para a diminuição dos impactos ambientais e ao mesmo tempo fortalece as estruturas das indústrias no Estado da Austrália Meridional.”