Brasil já tem seu primeiro ChatBot para saúde

Guilherme

, Tecnologia

Chega ao mercado brasileiro a primeira solução de chatbot voltada exclusivamente para o setor de saúde. A ferramenta, dotada de inteligência cognitiva e artificial, irá beneficiar quem estiver à procura de respostas para as suas dúvidas relacionadas à saúde.

Para utilizar, basta enviar uma mensagem por meio do Messenger ou pela própria página do Facebook do serviço de saúde. O serviço de orientação sobre sintomas tem como objetivo esclarecer dúvidas dos usuários a respeito daquilo que estão sentindo. Desta forma ele responde às perguntas feitas pelo sistema e, após uma série de respostas, é apresentado na tela algumas possibilidades de patologias. O resultado é fruto de um sistema baseado em árvore de decisão, que promove o casamento de diversos sintomas com potenciais enfermidades.

“Nosso objetivo é ajudar a esclarecer as dúvidas dos usuários de forma estruturada. Hoje as pessoas, quando não se sentem bem, procuram no Google algumas respostas aos sintomas que estão sentindo. No entanto, do mesmo jeito que os resultados das buscas apresentam respostas excelentes, também trazem conteúdos alarmantes que podem deixar as pessoas em pânico, o que faz com que elas corram para os serviços de pronto-socorro. Ao disponibilizarmos o serviço gratuitamente, acreditamos que estamos ajudando a diminuir a procura desnecessária pelos prontos-socorros e também evitando o agendamento de consultas desnecessárias”, discursa Marco Scabia, sócio-fundador do Docbot.

Caso o usuário queira entender melhor as possibilidades de doenças apresentadas, ele poderá solicitar na sequência uma orientação remota, personalizada e em tempo real. Ela é feita por um profissional de saúde, que quando conectado terá acesso ao resultado das perguntas e respostas feitas pelo sistema.

“Queremos as pessoas encaminhadas para o serviço mais adequado às suas necessidades. Por exemplo, em menos de 30% dos casos recomenda-se a ida ao pronto-socorro, em 40% das vezes a orientação termina no próprio contato e no restante das vezes há o agendamento da consulta médica presencial”, continua.

Outra etapa muito importante do serviço é o agendamento da consulta médica presencial, que fecha o ciclo do serviço end to end. Basta o usuário escolher a opção Consulta em Casa, colocar o CEP de onde deseja a consulta e, automaticamente, aparecem os médicos e os horários disponíveis. O atendimento médico presencial está disponível neste momento apenas para cidade de São Paulo.

O Docbot é o resultado do esforço de duas startups do setor: a DRV, liderada por Daniel Lindenberg; e a Dr.Sintomas, liderada por Scabia. As duas empresas desenvolveram juntas a nova plataforma, que tem acordo para utilizar APIs de inteligência artificial da Microsoft e da IBM. Ambos têm participações iguais no novo negócio.

“Demos o pontapé inicial na criação do ecossistema Docbot. Queremos convidar outras startups de saúde a participarem dele”, completa Scabia.

O serviço de observação de sintomas é gratuito, o de Orientação Remota custa R$ 59 por atendimento, enquanto o de agendamento de Consulta em Casa varia de acordo com valor estipulado pelo médico desejado. Os pagamentos são feitos por meio de cartão de crédito.

Fonte: Startse

Deixe uma resposta