Coração impresso em 3D funciona como órgão real

Guilherme

, Tecnologia

Na última semana, uma equipe de cientistas do Instituto Federal de Tecnologia de Zurique, na Suíça, divulgaram imagens apresentando os primeiros testes com um novo modelo coração artificial produzido em uma impressora 3D.

O modelo completo, produzido em silicone, incluindo válvulas, artérias, ventrículos e até um músculo artificial responsável por bombear o sangue. Além disso, o modelo tem o mesmo tamanho de um coração orgânico e pesa apenas 390 gramas.

Em um vídeo divulgado pelo instituto, é possível ver o protótipo pulsando como um coração real, bombeando um fluido com a mesma densidade e viscosidade do sangue humano. O teste foi montado para que os cientistas pudessem avaliar a durabilidade do silicone no coração artificial.

De acordo com informação divulgadas pelo Gizmodo, o “músculo” interno é inflado por ar pressurizado, fazendo os movimentos sistólicos e diatólicos do batimento cardíaco.

Apesar do aparente sucesso do modelo 3D, o coração artificial só consegue realizar 3.000 batimentos antes de começar a desmontar, o que, numa pessoa normal, equivale a 45 minutos de vida.

Para os pesquisadores, o objetivo do teste foi alcançado com sucesso: provar que o sistema construído por uma impressora 3D funciona em um nível fundamental, ainda que não esteja pronto para ser usado em pessoas de verdade. A expectativa é de que essa tecnologia possa ser aproveitada por pacientes à espera de um transplante de coração.

Fonte: Gizmodo