Empresa testa drone para transporte de medicamentos

Mais do que um brinquedo, ou um equipamento militar, os drones vêm sendo utilizados para outras funcionalidades, entre elas, a entrega de medicamentos e insumos em áreas de difícil acesso. Na última semana, a startup norte-americana Vayu, afirmou que seu veículo aéreo não tripulado realizou os primeiros voos de longa distância de forma independente e transportando sangue e amostras de laboratório de vilas isoladas de Madagascar, na África, até um laboratório.

O drone da Vayu, projetado especificamente para transportar suprimentos de saúde em países em desenvolvimento, é capaz de decolar e pousar verticalmente, como um helicóptero, sem usar pista, nem lançador, e de carregar dois quilos de materiais médicos por até 60 quilômetros.

Esse tipo de tecnologia, mesmo não sendo recente, promete mudar completamente o rumo do transporte de insumos e medicamentos para locais de difícil acesso, com menor custo, sem risco para equipes assistenciais e de maneira autônoma.