Impressora 3D cria “osso elástico” para cirurgias de reconstrução

Guilherme

, Tecnologia

Pesquisadores conseguiram desenvolver um material flexível que pode ser impresso em 3D e usado em cirurgias de reconstrução. Por meio de uma mistura de hidroxiapatita, uma forma de cálcio ósseo, com polímeros, eles criaram um osso hiper elástico que é capaz de substituir um perdido ou fragmentado ou ser implantado sob a pele como uma forma de apoio.

O estudo foi publicado na Science Translational Medicine e, de acordo com Ramille Shah, professora da Universidade de Northwestern e uma das envolvidas no projeto, a maior surpresa veio quando observaram que ao espremer ou deformar o osso impresso em 3D ele retornava ao seu formato original.

20160929104304_660_420
A pesquisadora explica que o sso pode ser facilmente cortado, dobrado e prensado. Além disso, o material é altamente poroso e absorvente, o que poderia estimular o crescimento de vasos sanguíneos na região operada.

Os cientistas estão testando o material criado com células humanas e os resultados já se mostraram positivos. Em semanas já foi possível comprovar o crescimento de células no tecido do osso impresso em 3D. O pesquisador Adam Jakus informou que as células criaram próprios minerais ósseos sobre o material sintético.

O material obteve sucesso também na substituição de ossos de ratos. Apesar das observações, os testes em humanos podem começar dentro de cinco anos, uma vez que os pesquisadores defendem que ele deve ser mais testado ainda em outros organismos para analisar seu comportamento. Além das vantagens da elasticidade, o osso é produzido com baixos investimentos e poderia ser uma boa solução para países em desenvolvimento.

Fonte: The Verge