Ministério e PF investigam vazamento de dados do Cartão Nacional de Saúde

Guilherme

, Mercado

O Ministério da Saúde confirmou na última segunda-feira (27) o vazamento de dados pessoais de cidadãos brasileiros do Cartão Nacional de Saúde que foram divulgados ilegalmente na internet. De acordo com a pasta, a divulgação das informações não resultou de uma invasão ao sistema, mas sim, do uso indevido de informações obtidas com um login válido e autorizado pelo ministério.

Ou seja, a ação não foi resultado de um ataque realizado por hackers e sim por alguém que usou as credenciais de um servidor de saúde para acessar e divulgar os dados. Ainda na segunda-feira, no início da noite, o governo informou que o site que mostrava as informações vazadas já havia saído do ar. Os dados foram encaminhados à Polícia Federal, que deverá investigar o caso.

A lista de informações que estava disponível na internet incluía nome completo, CPF, nome do pai e da mãe do cidadão e endereço completo. Essa base de dados do Cartão Nacional de Saúde está integrada à base da Receita Federal.

Deixe uma resposta