PEP e integração serão prioridades do Ministério da Saúde

Guilherme

, Tecnologia

Durante discurso de abertura do XV Congresso Nacional de Informática em Saúde, ocorrido entre os dias 27 e 30 de novembro, em Goiânia, o ministro da saúde, Ricardo Barros, afirmou que a informatização das informações, integração de sistemas e a implementação de prontuário eletrônico serão prioridades do ministério nos próximos anos.

Segundo Barros, esta será uma prioridade de gestão. “Integrar o controle das ações permitindo o melhor atendimento ao cidadão, a correta aplicação de recursos públicos e o fornecimento de dados para o planejamento do setor”. O ministro falou ainda que a aprovação da PEC 55 não afetará os investimentos em tecnologia, mas sim ampliará o piso de recursos para o setor, que passará de 13,7% para 15% da receita corrente líquida e assegurou que o orçamento conterá todo o recurso necessário para se realizar o melhor atendimento à saúde da população.

 

Deixe uma resposta