Philips e Qualcomm anunciam colaboração estratégica

Guilherme

, Indústria

A Royal Philips e a Qualcomm Incorporated, por meio de sua subsidiária, a Qualcomm Life Inc., anunciaram um acordo de colaboração tecnológica estratégica para promover a conectividade no cuidado com a saúde por meio do processo de Continuum da saúde – a partir de uma vida saudável, prevenção e gestão de doenças crônicas e cuidados domésticos.

As empresas se uniram para alavancar a experiência em tecnologias conectadas de saúde, gerenciamento de dados em nuvem e análise, conectividade, segurança e integração de dispositivos. A colaboração permitirá que ambas as empresas possam preparar melhor os profissionais de saúde e oferecer soluções escaláveis e conectadas.

A plataforma 2net da Qualcomm servirá como solução de conectividade do Philips HealthSuite, o ecossistema de dispositivos, aplicativos e ferramentas de digitais habilitadas para nuvem. Ao aderir à plataforma, a multinacional holandesa poderá oferecer aos usuários de suas soluções acesso contínuo a uma grande variedade de dispositivos médicos conectados, incluindo distribuidores de medicamentos, biossensores, ventiladores, monitores de pressão arterial e medidores de glicose no sangue.

Como parte da colaboração, a Qualcomm Life vai utilizar a plataforma Philips HealthSuite como solução global de segurança, gestão e armazenamento de dados para sua plataforma 2net, permitindo que a empresa explore o valor da informação em saúde por meio da normalização, agregação e análise de dados.

“Como as casas estão rapidamente se tornando ambientes viáveis de cuidado da saúde, prestadores de serviços de saúde e outras instituições estão usando cada vez mais tecnologias conectadas para reduzir o atendimento de emergência e reinternações de pacientes com doenças crônicas”, diz Jeroen Tas, CEO de connected care and health informatics da Philips.

Ainda de acordo com o executivo, ao colaborar com a empresa parceira e desenvolver expertise em conectividade e tecnologia wireless, a multinacional holandesa pretende ajudar os profissionais da área de saúde a melhorar o cuidado com seus pacientes e contribuir com a melhoria dos resultados dos tratamentos. “A auto-gestão de saúde combinada com total conectividade é um modelo de cuidado com a saúde emergente, que permite a uma melhor gestão de doenças crônicas para pacientes e profissionais”, completa o executivo.