Sírio e Ministério da Saúde inauguram cursos para profissionais do SUS

Health-IT

, Sem categoria

curso sus

imagem: divulgação

Nesta quarta-feira (2), o Ministro da Saúde, Arthur Chioro, participou por videoconferência, da aula inaugural de três cursos de especialização do projeto Gestão da Clínica no SUS, voltado à capacitação de profissionais do Sistema Único de Saúde (SUS). Os projetos educacionais são executados pelo Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa e definidos a partir de necessidades identificadas pelos gestores do SUS de 70 regiões de saúde. Participam desta edição 4.320 profissionais que atuam em hospitais públicos e também gestores. Gestão da Clínica nas Regiões de Saúde, Regulação em Saúde no SUS e Educação na Saúde para Preceptores do SUS, estão entre os cursos oferecidos. As aulas seguem até dezembro.

Os profissionais são colocados diante de situações desafiadoras para estimular a adoção de soluções adequadas no atendimento prestado à população. Os cursos passam pela capacidade de desenvolver trabalhos em equipe, além de debater a questão ética, colaborativa e compromissada com as necessidades dos usuários do SUS de modo a garantir um atendimento qualificado e seguro.

No cronograma dos cursos, o fortalecimento da Atenção Básica, boas práticas de atenção, elaboração de diretrizes e estruturação da preceptoria, implantação de programa de residência e de programa de educação permanente. A ideia é qualificar a atenção primária e atenção especializada ambulatorial, além da hospitalar, com o desenvolvimento e aplicação de ferramentas e dispositivos de gestão da clínica nos serviços do SUS, gerando conhecimento, tecnologias e inovação a saúde, além da atualização de profissionais.
O projeto integra o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI-SUS), que possibilita que as entidades de saúde de referência assistencial participem do desenvolvimento do SUS. Atualmente, são 114 projetos em execução nos seis hospitais de excelência (Albert Einstein, Sírio Libanês, Hospital do Coração – HCOR, Oswaldo Cruz, Moinhos de Vento e Samaritano). Estes projetos estão ligados a diversas áreas do SUS, desde a Atenção Primária até a Alta Complexidade e contemplam ainda a qualificação e o aprimoramento da gestão, inovação cientifica e tecnológica, a capacitação dos profissionais e de trabalhadores do SUS.

Deixe uma resposta