Sistema pode detectar a depressão com base em fotos no Instagram

Guilherme

, Tecnologia

Um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Harvard e da Universidade de Vermont desenvolveu um modelo capaz de detectar com precisão os sinais de depressão usando dados do Instagram. Em testes, o modelo foi capaz de detectar com 70% de precisão usuários que sofriam da celcondição, antes mesmo de eles terem sido diagnosticados clinicamente.

A experiência foi realizada com 43,9 mil fotos de 166 usuários e analisou “cores, componentes de metadados e composições algorítmicas de rostos”, explicam os pesquisadores. O sistema trabalha com a aprendizagem de máquina e é “alimentado” com informações de usuários.

De acordo com os cientistas, o sistema pode ser usado para rastrear e detectar a aparição precoce de doenças mentais. “Ele pode servir como um modelo para uma saúde mental eficaz em uma sociedade cada vez mais digitalizada”, explicam os responsáveis pela pesquisa. Apesar dos resultados, eles deixam claro, o modelo ainda não é capaz de fornecer um diagnóstico definitivo.

Deixe uma resposta